Aconteceu na Igreja e no mundo

Imagem de Nossa Senhora resiste a deslizamentos

Inúmeras notícias de catástrofes naturais ou provocadas pelo homem, tais como inundações, erupções vulcânicas, terremotos, incêndios, enfermidades, atentados e guerras, vêm alarmando o mundo nos últimos tempos. Nessa terrível situação, tem chamado a atenção uma presença discreta e protetora, registrada em crescente número de casos: a Virgem Maria, sob várias de suas invocações, cujas imagens se mantêm íntegras em cenários de destruição, como um raio de esperança.

Um desses fatos se verificou em fevereiro após as fortes chuvas que assolaram a cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro, provocando enchentes e deslizamentos de terra que deixaram mais de duzentos mortos. Em meio à tragédia, a população pôde encontrar alento espiritual ao se deparar com um pequeno oratório de Nossa Senhora das Graças que permaneceu intacto em um dos bairros mais afetados pelo temporal. Desde 1973 a imagem se encontrava no local e os moradores acreditam que, se ela não estivesse ali, o desastre teria sido muito pior.

Consagração da Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria

Em comunicado divulgado no dia 24 de fevereiro, a Conferência dos Bispos Católicos Romanos da Ucrânia aconselhou ao clero que, dada a situação em que se encontra o país, rezem o Ato de Consagração da Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria após cada Santa Missa.

No documento, os Bispos ucranianos ressaltam que este tempo de provação deve ser uma oportunidade para a reconciliação com Deus, e encorajam os fiéis a procurar com mais assiduidade o Sacramento da Penitência e a Eucaristia, bem como a rezar o Rosário em conjunto, suplicando a proteção divina.

Carmelitas Descalças decidem permanecer na Ucrânia

Em meio à situação de guerra em território ucraniano, resulta admirável a decisão tomada pelas carmelitas descalças das cidades de Kiev e Kharkiv. Através das redes sociais, a Cúria Generalícia da Ordem anunciou que as irmãs permanecerão em seus mosteiros e pediu que todos rezassem por elas e pelo povo ucraniano.

As religiosas se estabeleceram no país na década de 1990, a fim de auxiliar, com sua oração e presença, a reconstrução da sociedade ucraniana após a queda da União Soviética.

Frankfurt celebra a festa de Carlos Magno

No dia 29 de janeiro se celebrou na Catedral de São Bartolomeu em Frankfurt, outrora igreja da coroação dos imperadores alemães, o tradicional Karlsamt, ofício pontifical em honra a Carlos Magno. A cerimônia ocorre todos os anos no último sábado de janeiro, em comemoração do aniversário de morte do monarca.

O ofício consta da Sequentia Sancti Karoli, hino latino dedicado ao imperador, e do cântico das Laudes regiæ, composição do século IX com súplicas a Nosso Senhor Jesus Cristo pela Igreja, pelo Papa, pelo Bispo, pelo povo alemão e seus governantes, sendo seguido de uma Missa solene. Normalmente se convida um Bispo ou Cardeal estrangeiro para presidir a celebração e, neste ano, o escolhido foi Dom Zbigņev Stankevičs, Arcebispo de Riga, na Letônia.

Desde 1176, Carlos Magno é venerado como Bem-Aventurado em algumas cidades da Alemanha, como Aachen e Osnabrück, com a permissão da Santa Sé.

Isabel, a Católica, a caminho da beatificação

Isabel de Castela, por Luis de Madrazo – Museu do Prado, Madri

A causa de beatificação de Isabel, a Católica, rainha de Castela e grande propulsora da evangelização das Américas, soma já várias décadas, tendo se iniciado no ano de 1958 na Diocese de Valladolid, Espanha, onde a monarca faleceu. Desde então, se acumularam mais de vinte volumes com a documentação histórica e relatos de favores obtidos por sua intercessão. Em recente declaração, porém, o responsável pelo processo, Pe. José Luis Rubio Willen, afirmou que pode estar próximo o momento de vê-la elevada à honra dos altares.

O anúncio do Pe. Rubio Willen se deve ao reconhecimento por parte da Santa Sé do primeiro milagre atribuído à rainha. Trata-se da cura de um sacerdote que se encontrava hospitalizado e em coma, devido a um avançado câncer no pâncreas. Sua família visitou o túmulo dos Reis Católicos, em Granada, pedindo a Deus sua cura por intermédio de Isabel, e o sacerdote se recuperou de maneira imediata.

A Comissão Isabel a Católica, que promove a causa de beatificação, segue recolhendo relatos de graças alcançadas, como este provindo de Roma: um jovem que seria operado em razão de um câncer no pulmão teve sua cirurgia cancelada por estar curado, graças à intervenção da rainha.

A Igreja ganha mais um Doutor: Santo Irineu de Lyon

O apóstolo dos celtas e dos germânicos e insigne defensor da doutrina católica, Santo Irineu de Lyon, recebeu o título de Doutor da Igreja, com o decreto assinado do dia 21 de janeiro, o qual lhe confere a designação de Doctor Unitatis.

Doutor da Igreja é um título concedido oficialmente pela Igreja Católica a alguns Santos, reconhecendo-os como eminentes mestres da Fé para os fiéis de todos os tempos.

Originário da Ásia Menor e discípulo de São Policarpo de Esmirna, Santo Irineu foi Bispo de Lyon, França. Em seus escritos, expôs com clareza a verdadeira doutrina e a defendeu contra os ataques heréticos, em especial a gnose, a qual ameaçava a Igreja no século II. Morreu mártir em 28 de junho de 202, durante a perseguição do Imperador Severo.

Vinte e três sacerdotes ordenados em Seul

No dia 28 de janeiro, a Arquidiocese de Seul ordenou vinte e três novos sacerdotes, três dos quais pertencentes à Sociedade Missionária Católica Internacional de Seul, entidade comprometida com o envio de missionários para a América Latina. O Arcebispo Metropolitano, Dom Peter Chung Soon-Taick, OCD, que presidiu a celebração, destacou na ocasião ser este um sinal concreto de que a Igreja na Coreia se converteu em uma “Igreja que doa”, estando pronta para assumir uma missão para mais além de suas fronteiras. O país se transforma, assim, de evangelizado em evangelizador.

A Coreia do Sul é uma das nações asiáticas nas quais a Igreja Católica mais cresceu em nosso século, com um aumento do número de católicos em quase 50% nos últimos vinte anos, sobretudo devido à conversão de adultos. Hoje o país conta com 5,6 milhões de católicos, o que representa 11% da população, cifra que, em 1950, era de apenas 1%. Essa realidade se reflete no pujante clero local, cuja maior parte está composta por jovens, contrastando com a crise vocacional do Ocidente.

Aparecida acolhe a Romaria do Terço dos Homens

Cerca de vinte e cinco mil peregrinos participaram da XIV Romaria Nacional do Terço dos Homens ao Santuário de Aparecida, realizada entre os dias 18 e 20 de fevereiro. Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo de Juiz de Fora e referencial da CNBB para o movimento, presidiu a Missa de abertura.

O tema central do encontro foi Caminhar com Maria, para viver e crescer em comunidade, e seu lema, Na Casa da Mãe, renovamos o compromisso missionário. Para ­Glayson ­Lozer, um dos organizadores do evento, rezar sob o manto de Nossa Senhora Aparecida, lugar símbolo de nossa Fé, leva os homens a serem melhores na família e na sociedade.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Do mesmo autor

Artigos relacionados

Redes sociais

1,600,460FãsCurtir
103,000SeguidoresSeguir
8,500SeguidoresSeguir
253,000InscritosInscrever