Aconteceu na Igreja e no mundo

Arcebispo ortodoxo se converte ao Catolicismo

Antigo arcebispo da Igreja Autocéfala Ucraniana da Diocese de Kharkiv-Poltava e um dos líderes religiosos mais destacados do país, Dom Ihor Isichenko ingressou no começo deste ano na Igreja Greco-Católica da Ucrânia, em comunhão com Roma. Seguiu-o boa parte de suas paróquias, que agora fazem parte do Exarcado Católico Ucraniano de Kharkiv e da Arquieparquia de Kiev.

Seu processo de conversão, que durou mais de sete anos, começou após ele comprovar que as divisões internas entre os ortodoxos eram muito profundas e sua unidade improvável. Foi então que decidiu unir-se à Igreja Greco-Católica Ucraniana. Dom Isichenko tem agora o título de Arcebispo Emérito e está à frente de uma filial da Universidade Católica Ucraniana.

Católicos são maioria na Irlanda do Norte

O recenseamento publicado em 22 de setembro pela Agência de Estatística e Investigação da Irlanda do Norte apontou uma mudança histórica: pela primeira vez desde a divisão da ilha, os católicos superam em número os protestantes na Irlanda do Norte. Com efeito, os dados do Censo 2021 mostram que 42,3% da população do país se declara católica, enquanto a cifra de protestantes é de 37,3%.

Outro elemento importante do censo é a relação entre a religião e a faixa etária da população: 54% dos que se dizem católicos têm até trinta e cinco anos de idade.

Rodovias do Brasil ganham capelas com o Santíssimo

Os caminhoneiros e viajantes que percorrem as rodovias brasileiras contam agora com um “oásis” em seu trajeto: capelas com o Santíssimo Sacramento, nas quais podem fazer Adoração Eucarística, assistir à Missa e confessar. A construção desses oratórios iniciou-se no ano de 1992, por iniciativa de Janeth Vaz, proprietária de uma rede de postos de combustível. Hoje já são sete em quatro estados do Brasil: Pará, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

As capelas estão dedicadas a diferentes invocações de Nossa ­Senhora, e em todas elas há reserva do Santíssimo Sacramento e uma Missa semanal. Entre as graças recebidas pelos que as frequentam, Janeth narra dois episódios de caminhoneiros que, por dificuldades diversas, pensavam em tirar a própria vida e desistiram desse intento ao adentrar em um dos oratórios.

Igreja em Myanmar é coberta de minas antipessoais

Em consequência da guerra civil entre o exército nacional e as Forças de Defesa Popular, que há décadas assola Myanmar, a Igreja da Mãe de Deus, situada na pequena cidade de Moebye, foi invadida pelas tropas mianmarenses em 8 de setembro. A ocupação durou quatro dias e teve como resultado a degradação do templo e a destruição de diversas imagens. Ademais, os sodados espalharam minas antipessoais pelo edifício sagrado e ao seu redor: no solo, nos bancos e mesmo atrás dos livros litúrgicos.

Após a saída dos militares, paroquianos e voluntários se prontificaram a, cuidadosamente, desativar as minas e reabilitar o local. Desde fevereiro de 2021 diversas igrejas, conventos e hospitais têm sido alvo de ataques do exército.

Brasileiros querem se “deletar” da internet

Uma pesquisa realizada em agosto pela NordVPN, uma provedora de serviços de VPN, revelou que cerca de 20% dos brasileiros desejariam se “deletar” da internet.

Segundo a pesquisa, 32% da população julga ter seus dados pessoais explorados pelas empresas, e 30% não confia na rede. Para ter suas informações apagadas, 46% dos entrevistados pagariam quinhentos reais, e 3% até mais de cinco mil. Por fim, 40% dos brasileiros considera que as plataformas digitais tomam muito de seu tempo.

Caminhada mariana percorre cidades da Bretanha

De 18 de junho a 11 de setembro, os moradores de diversas cidades da Bretanha, no oeste da França, puderam participar de uma grande marcha mariana: a Troménie de Marie.

Durante doze semanas uma imagem de Nossa Senhora da França, transportada em uma carruagem ­puxada a cavalos que partiu de Nantes, visitou duzentas cidades e os principais santuários marianos da Bretanha, num percurso de mil e cem quilômetros. O ponto de chegada foi o Santuário de Sant’Ana d’Auray.

A iniciativa, que tem por objetivo difundir a devoção a Nossa Senhora, partiu de um conjunto de leigos e conta com a aprovação das autoridades eclesiásticas locais.

Catedral colombiana é alvo de vandalismo

A Catedral Primaz da Colômbia, em Bogotá, foi alvo de uma tentativa de incêndio no dia 28 de setembro. Feministas encapuzadas, que participavam de uma manifestação pela legalização do aborto, lançaram líquido inflamável às portas de madeira do templo e em seguida atearam fogo. As agressoras também picharam as paredes externas do edifício sagrado com escritos ofensivos. A rápida intervenção da polícia evitou danos maiores.

Não é a primeira vez que a catedral é alvo de ataques. No dia 20 de março, um grupo de mulheres interrompeu a celebração da Santa ­Missa, subindo nos bancos e gritando palavras contra a Fé.

Santíssimo encontrado intacto
em igreja incendiada

Dom Aloysius retira do sacrário as Hóstias consagradas

Na noite do dia 16 de setembro, homens armados invadiram e incendiaram a Igreja de Santa ­Maria, na localidade de Nchang, em Camarões. Os criminosos também sequestraram cinco sacerdotes, uma religiosa e três leigos.

Em meio à tragédia, porém, um fato inesperado trouxe esperança aos fiéis. Num vídeo divulgado pela fundação Ajuda à Igreja que Sofre, é possível ver Dom Aloysius Fondong Abangalo, Bispo de Mamfé, caminhar em meio aos escombros até o sacrário da igreja e dele retirar uma âmbula com Hóstias consagradas, as quais encontravam-se intactas apesar do incêndio.

Roma acolhe congresso tomista

Entre os dias 19 e 24 de setembro, a Universidade Pontifícia São Tomás de Aquino – Angelicum –, de Roma, promoveu o XI Congresso Internacional de Tomismo. O evento, que contou com a presença de mais de trezentos teólogos de diversas nacionalidades, teve por tema: Os recursos da tradição tomista no contexto atual.

Tomistas de todo o mundo comemoraram a realização do congresso, pois a última reunião dessa magnitude organizada pelo Angelicum ocorreu no ano de 2003.

Peregrinação reúne trezentos mil jovens na Argentina

A 43ª edição da Peregrinação Juvenil da Região Nordeste Argentina, realizada em setembro, reuniu neste ano mais de trezentas mil pessoas na Basílica de Nossa Senhora de Itatí.

Participaram da peregrinação delegações de dez dioceses argentinas. Os jovens caminharam mais de setenta e dois quilômetros, distância que separa as cidades de Corrientes e Itatí, acompanhados por carros de apoio. A Missa solene foi presidida por Dom Andrés Stanovnik, OFM Cap, Arcebispo de Corrientes.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Do mesmo autor

Artigos relacionados

Redes sociais

1,644,769FãsCurtir
125,191SeguidoresSeguir
9,234SeguidoresSeguir
308,000InscritosInscrever