12 de junho de 2024

Quarta-feira da 10ª semana do Tempo Comum

Leituras da Missa

Primeira leitura: 1Rs 18,20-39

Naqueles dias, 20Acab convocou todos os filhos de Israel e reuniu os profetas de Baal no monte Carmelo. 21Então Elias, aproximando-se de todo o povo, disse: “Até quando andareis mancando com os dois pés? Se o Senhor é o verdadeiro Deus, segui-o; mas, se é Baal, segui a ele”. O povo não respondeu uma palavra. 22Então Elias disse ao povo: “Eu sou o único profeta do Senhor que resta, ao passo que os profetas de Baal são quatrocentos e cinquenta. 23Deem-nos dois novilhos; que eles escolham um novilho e, depois de cortá-lo em pedaços, coloquem-no sobre a lenha, mas sem pôr fogo por baixo. Eu prepararei depois o outro novilho e o colocarei sobre a lenha e tampouco lhe porei fogo. 24Em seguida, invocareis o nome de vosso deus e eu invocarei o nome do Senhor. O Deus que ouvir, enviando fogo, este é o Deus verdadeiro”. Todo o povo respondeu, dizendo: “Ótima proposição”. 25Elias disse então aos profetas de Baal: “Escolhei vós um novilho e começai, pois sois maioria. E invocai o nome de vosso deus, mas não lhe ponhais fogo”. 26Eles tomaram o novilho que lhes foi dado e prepararam-no. E invocavam o nome de Baal desde a manhã até ao meio-dia, dizendo: “Baal, ouve-nos!” Mas não se ouvia voz alguma e ninguém que respondesse. E dançavam ao redor do altar que tinham levantado. 27Ao meio-dia, Elias zombou deles, dizendo: “Gritai mais alto, pois sendo um deus, tem suas ocupações. Porventura ausentou-se ou está de viagem; ou talvez esteja dormindo e é preciso que o acordem”. 28Então eles gritavam ainda mais forte, e retalhavam-se, segundo o seu costume, com espadas e lanças, até o sangue escorrer. 29Passado o meio-dia, entraram em transe até a hora do sacrifício vespertino. Mas não se ouviu voz nenhuma, nem resposta nem sinal de atenção. 30Então Elias disse a todo o povo: “Aproximai-vos de mim”. Todo o povo veio para perto dele. E ele refez o altar do Senhor que tinha sido demolido. 31Tomou doze pedras, segundo o número das doze tribos dos filhos de Jacó, a quem Deus tinha dito: “Teu nome será Israel”, 32e edificou com as pedras um altar ao nome do Senhor. Fez em redor do altar um rego, capaz de conter duas medidas de sementes. 33Empilhou a lenha, esquartejou o novilho e colocou-o sobre a lenha, 34e disse: “Enchei quatro talhas de água e derramai-a sobre o holocausto e sobre a lenha”. Depois, disse: “Outra vez”. E eles assim fizeram uma segunda vez. E acrescentou: “Ainda uma terceira vez”. E assim foi feito. 35A água correu em volta do altar e o rego ficou completamente cheio. 36Chegada a hora do sacrifício, o profeta Elias aproximou-se e disse: “Senhor, Deus de Abraão, de Isaac e de Israel, mostra hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo e que é por ordem tua que fiz estas coisas. 37Ouve-me, Senhor, ouve-me, para que este povo reconheça que tu, Senhor, és Deus, e que és tu que convertes os seus corações!” 38Então caiu o fogo do Senhor, que devorou o holocausto, a lenha, as pedras e a poeira, e secou a água que estava no rego. 39Vendo isto, o povo todo prostrou-se com o rosto em terra, exclamando: “É o Senhor que é Deus, é o Senhor que é Deus!”

Salmo responsorial: Sl 15(16),1-2a.4.5 e 8.11 (R. 1)

R. Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!

 1Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! *2aDigo ao Senhor: “Somente vós sois meu Senhor”. R.

4Multiplicam, no entanto, suas dores *os que correm para os deuses estrangeiros;
seus sacrifícios sanguinários não partilho, *nem seus nomes passarão pelos meus lábios. R.

5Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, *meu destino está seguro em vossas mãos! 8Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, *pois se o tenho a meu lado não vacilo. R.

11Vós me ensinais vosso caminho para a vida; †junto a vós, felicidade sem limites, *
delícia eterna e alegria ao vosso lado! R.

Evangelho: Mt 5,17-19

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 17“Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para dar-lhes pleno cumprimento. 18Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo se cumpra. 19Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus”.


Santos em destaque

Santo Onofre, Confessor. Século IV.

São Leão III, Papa (†816). Conferiu a coroa do Sacro Império a Carlos Magno, rei dos francos, e lutou para defender a verdadeira doutrina sobre a dignidade divina do Filho de Deus.

Santo Esquilo, mártir (†c. 1080). Natural da Inglaterra, foi ordenado Bispo por São Sigfredo, seu mestre. Dedicou-se com empenho a converter os pagãos, pelos quais morreu lapidado, na Suécia.

São Gaspar Bertoni, presbítero (†1843). Fundador da Congregação das Santas Chagas de Cristo, em Verona, Itália.

Beato Guido de Cortona, sacerdote (†1245). Discípulo de São Francisco de Assis, fundou o convento de Celle. Já em vida tinha fama de santidade e operava muitos milagres.

Beata Flórida Cevoli, virgem (†1767). De nobre família italiana, ingressou no mosteiro de clarissas capuchinhas de Città di Castello. Suas virtudes atraíram o beneplácito da abadessa, Santa Verônica Giuliani, de quem se tornou secretária e confidente.

Beato Lourenço Maria de São Francisco Xavier, presbítero (†1856). Religioso da Congregação da Paixão, difundiu a devoção ao Menino Jesus em Caprânica, Itália.

Beata Mercedes Maria de Jesús Molina, virgem (†1883). Fundadora do Instituto das Irmãs de Santa Mariana de Jesus, em Riobamba, Equador, para acolher e educar meninas pobres.

Beata Maria Cândida da Eucaristia, virgem (†1949). Proibida por seus familiares de seguir a vida religiosa, à qual se sentia chamada desde os quinze anos, somente aos trinta e cinco conseguiu ingressar no Carmelo de Ragusa, Itália, do qual foi eleita priora.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online


Galerias de imagens

Artigo anterior
Próximo artigo

Próximas liturgias

28 de junho de 2024

Memória de Santo Irineu Bispo e mártir (†202). Memória obrigatória....

27 de junho de 2024

Quinta-feira da 12ª semana do Tempo Comum Memória facultativa de...

26 de junho de 2024

Quarta-feira da 12ª semana do Tempo Comum Leituras da...
Artigo anterior
Próximo artigo

Redes sociais

1,644,769FãsCurtir
125,191SeguidoresSeguir
9,530SeguidoresSeguir
558,475InscritosInscrever