4 de julho de 2024

Quinta-feira da 13ª semana do Tempo Comum

Memória facultativa de Santa Isabel de Portugal, rainha (†1336). Filha dos reis de Aragão, aos 12 anos foi dada em casamento a D. Diniz, futuro rei de Portugal. Sofreu muito com as infidelidades e os ciúmes do marido, e com as calúnias de um cortesão. Exerceu papel pacificador entre seus familiares. Após a morte do esposo fez-se terciária franciscana e passou o resto da vida na pobreza, e em mortificações.

Leituras da Missa

Primeira leitura: Am 7,10-17

Naqueles dias, 10Amasias, sacerdote de Betel, mandou dizer a Jeroboão, rei de Israel: “Amós conspira contra ti, dentro da própria casa de Israel; o país não consegue evitar que se espalhem todas as suas palavras. 11Ele anda dizendo: “Jeroboão morrerá pela espada, e Israel será deportado de sua pátria, como escravo'”. 12Disse depois Amasias a Amós: “Vidente, sai e procura refúgio em Judá, onde possas ganhar teu pão e exercer a profecia; 13mas em Betel não deverás insistir em profetizar, porque aí fica o santuário do rei e a corte do reino”. 14Respondeu Amós a Amasias, dizendo: “Não sou profeta nem sou filho de profeta; sou pastor de gado e cultivo sicômoros. 15O Senhor chamou-me, quando eu tangia o rebanho, e o Senhor me disse: ‘Vai profetizar para Israel, meu povo'”. 16E agora ouve a palavra do Senhor. “Tu dizes: ‘Não profetizes contra Israel e não insinues palavras contra a casa de Isaac’. 17Pois bem, isto diz o Senhor: ‘Tua mulher se prostituirá na cidade, teus filhos e filhas morrerão pela espada, tuas terras serão tomadas e loteadas; tu mesmo morrerás em terra poluída, e Israel será levado em cativeiro para longe de seu país'”.

Salmo responsorial: Sl 18(19),8.9.10.11 (R. 10b)

R. Os julgamentos do Senhor são corretos e justos igualmente.

 8A lei do Senhor Deus é perfeita, *conforto para a alma! O testemunho do Senhor é fiel, *sabedoria dos humildes. R.

9Os preceitos do Senhor são precisos, *alegria ao coração. O mandamento do Senhor é brilhante, *para os olhos é uma luz. R.

10É puro o temor do Senhor, *imutável para sempre. Os julgamentos do Senhor são corretos *e justos igualmente. R.

11Mais desejáveis do que o ouro são eles, *do que o ouro refinado. Suas palavras são mais doces que o mel, *que o mel que sai dos favos. R.

Evangelho: Mt 9,1-8

Naquele tempo, 1entrando em um barco, Jesus atravessou para a outra margem do lago e foi para a sua cidade. 2Apresentaram-lhe, então, um paralítico deitado numa cama. Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: “Coragem, filho, os teus pecados estão perdoados!” 3Então alguns mestres da Lei pensaram: “Esse homem está blasfemando!” 4Mas Jesus, conhecendo os pensamentos deles, disse: “Por que tendes esses maus pensamentos em vossos corações? 5O que é mais fácil, dizer: ‘Os teus pecados estão perdoados’, ou dizer: ‘Levanta-te e anda’? 6Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder para perdoar pecados, – disse, então, ao paralítico – “Levanta-te, pega a tua cama e vai para a tua casa”. 7O paralítico então se levantou, e foi para a sua casa. 8Vendo isso, a multidão ficou com medo e glorificou a Deus, por ter dado tal poder aos homens.


Santos em destaque

Santa Berta de Blangy, abadessa (†c. 725). Tendo enviuvado, fez-se religiosa no mosteiro fundado por ela própria, na cidade de Blangy, França.

Santo André de Creta, Bispo (†740). Arcebispo de Gortina (Creta), destacou-se como hinógrafo e
pregador.

Santo Ulrico, Bispo (†973). Bispo de Augsburgo, na Baviera, que faleceu nonagenário depois de exercer seu ministério episcopal por 50 anos.

São Cesídio Giacomantônio, presbítero e mártir (†1900). Franciscano lapidado e queimado na cidade de Hengyang, China, quando protegia o Santíssimo Sacramento.

Beato José Kowalski, presbítero e mártir (†1942). Sacerdote salesiano, morto no campo de concentração de Auschwitz, Polônia, depois de passar por atrozes tormentos.

Beato Bonifácio de Saboia, Bispo (†1270). Monge cartuxo nascido de nobre família francesa, eleito Arcebispo de Cantuária, Inglaterra.

Beata Catarina Jarrige, virgem (†1836). Terciária dominicana exemplar na assistência aos pobres e abandonados. Durante a Revolução Francesa ajudou os sacerdotes não-juramentados, fornecendo-lhes pão e vinho para a celebração da Eucaristia.

Beato Pedro Jorge Frassati, leigo (†1925). Jovem italiano que, sendo de uma família enriquecida, abdicou de seus confortos burgueses para ajudar aos mais necessitados financeira e espiritualmente através de uma “Cruzada Eucarística”.

Beata Maria Crucificada, religiosa (†1957). Fundou em Santa Marinella, perto de Roma, a Congregação das Irmãs Carmelitas Missionárias de Santa Teresa do Menino Jesus, desejando unir à espiritualidade carmelitana um aspecto missionário, com o objetivo de “trazer almas para Deus”.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online


Galerias de imagens

Artigo anterior
Próximo artigo

Próximas liturgias

21 de julho de 2024

Domingo da 16ª semana do Tempo Comum Leituras da...

20 de julho de 2024

Sábado da 15ª semana do Tempo Comum Leituras da...

19 de julho de 2024

Sexta-feira da 15ª semana do Tempo Comum Leituras da...
Artigo anterior
Próximo artigo

Redes sociais

1,644,769FãsCurtir
125,191SeguidoresSeguir
9,530SeguidoresSeguir
558,475InscritosInscrever