3 de julho de 2024

Festa de São Tomé, Apóstolo

Quando os discípulos lhe anunciaram a Ressurreição de Nosso Senhor, ele não acreditou, mas quando Jesus Ressuscitado lhe mostrou a divina chaga de seu lado, ele exclamou: “Meu Senhor e meu Deus!”, reparando com esse ato perfeito de fé sua atitude cética. Foi o evangelizador da Índia.


Ver também:

 

Leituras da Missa

Primeira leitura: Ef 2,19-22

Irmãos, 19já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. 20Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. 21É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo Santo no Senhor. 22E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito.

Salmo responsorial: Sl 116(117),1-2 (R. Mc 16,15)

R. Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.

1Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, *povos todos, festejai-o! R.

2Pois comprovado é seu amor para conosco, *para sempre ele é fiel! R.

Evangelho: Jo 20,24-29

24Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. 25Os outros discípulos contaram-lhe depois: “Vimos o Senhor!”. Mas Tomé disse-lhes: “Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei.” 26Oito dias depois, encontravam-se os discípulos novamente reunidos em casa, e Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. 27Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado. E não sejas incrédulo, mas fiel”. 28Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” 29Jesus lhe disse: “Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!”


Santos em destaque

Santo Anatólio, Bispo (†458). Patriarca de Constantinopla, defensor do dogma das naturezas divina e humana em Cristo, durante o Concílio de Calcedônia.

Santo Heliodoro, Bispo (†séc. IV-V). Discípulo de São Valeriano de Aquileia, participou do Concílio de Aquileia em 381, contra a heresia ariana.

São Leão II, Papa (†683). Aprovou o III Concílio de Constantinopla. Afirmou a supremacia papal contra as repetidas tentativas dos patriarcas de Constantinopla de libertar-se da dependência de Roma.

São Raimundo Gayrard, leigo (†1118). Ao ficar viúvo, dedicou-se às obras de caridade, fundou um hospital e foi admitido entre os cônegos da basílica de São Saturnino, em Toulouse, França.

São José Nguyên Dình Uyên, mártir (†1838). Catequista preso e barbaramente torturado em Hung Yên, Vietnã, por recusar-se a pisar numa cruz.

São Filipe Phan Van Minh, presbítero e mártir (†1853). Temendo trazer complicações à família que o acolhera durante a perseguição, preferiu entregar-se. Foi decapitado na Cochinchina, atual Vietnã, por ordem do rei Tu Duc.

Beata Maria Ana Mogás Fontcuberta, virgem (†1886). Fundou em Fuencarral, Espanha, a Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias da Mãe do Divino Pastor.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online


Galerias de imagens

Artigo anterior
Próximo artigo

Próximas liturgias

21 de julho de 2024

Domingo da 16ª semana do Tempo Comum Leituras da...

20 de julho de 2024

Sábado da 15ª semana do Tempo Comum Leituras da...

19 de julho de 2024

Sexta-feira da 15ª semana do Tempo Comum Leituras da...
Artigo anterior
Próximo artigo

Redes sociais

1,644,769FãsCurtir
125,191SeguidoresSeguir
9,530SeguidoresSeguir
558,475InscritosInscrever