9 de novembro de 2022

Festa da Dedicação da Basílica de Latrão

A Basílica de Latrão é a igreja do bispo de Roma: o Papa. Construída em terreno doado pelo imperador Constantino, ela é considerada como a igreja-mãe de todas as igrejas, por ser o primeiro templo erigido pelos cristãos.


Ver também:

Leituras da Missa

Primeira leitura: Ez 47,1-2.8-9.12

Naqueles dias, 1o homem fez-me voltar até a entrada do Templo e eis que saía água da sua parte subterrânea na direção leste, porque o Templo estava voltado para o oriente; a água corria do lado direito do Templo, ao sul do altar. 2Ele fez-me sair pela porta que dá para o norte, e fez-me dar uma volta por fora, até à porta que dá para o leste, onde eu vi a água jorrando do lado direito. 8Então ele me disse: “Estas águas correm para a região oriental, descem para o vale do Jordão, desembocam nas águas salgadas do mar, e elas se tornarão saudáveis. 9Onde o rio chegar, todos os animais que ali se movem poderão viver. Haverá peixes em quantidade, pois ali desembocam as águas que trazem saúde; e haverá vida onde chegar o rio. 12Nas margens junto ao rio, de ambos os lados, crescerá toda espécie de árvores frutíferas; suas folhas não murcharão e seus frutos jamais se acabarão: cada mês darão novos frutos, pois as águas que banham as árvores saem do santuário. Seus frutos servirão de alimento e suas folhas serão remédio”.

Salmo responsorial: Sl 45(46),2-3.5-6.8-9 (R. 5)

R. Os braços de um rio vêm trazer alegria à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo.

2O Senhor para nós é refúgio e vigor, *sempre pronto, mostrou-se um socorro na angústia; 3assim não tememos, se a terra estremece, *se os montes desabam, caindo nos mares. R.

5Os braços de um rio vêm trazer alegria *à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo. 6 Quem a pode abalar? Deus está no seu meio! *Já bem antes da aurora, ele vem ajudá-la. R.

8Conosco está o Senhor do universo! *O nosso refúgio é o Deus de Jacó! 9Vinde ver, contemplai os prodígios de Deus †e a obra estupenda que fez no universo: *reprime as guerras na face da terra. R.

Evangelho: Jo 2,13-22

Irmãos, 9cvós sais construção de Deus. 10Segundo a graça que Deus me deu, eu coloquei — como experiente mestre de obra — o alicerce, sobre o qual outros se põem a construir. Mas cada qual veja bem como está construindo. 11De fato, ninguém pode colocar outro alicerce diferente do que está aí, já colocado: Jesus Cristo. 16Acaso não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus mora em vós? 17Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá, pois o santuário de Deus é santo, e vós sois esse santuário.


Santos em destaque

Santo Ursino, Bispo (†séc. III). Primeiro prelado de Bourges, França. Transformou em igreja a casa do senador Leocádio.

Santa Elisabeth da Trindade, virgem (†1906). Procurou desde criança, no íntimo do coração, o conhecimento e a contemplação da Santíssima Trindade. Faleceu aos vinte e seis anos no Carmelo de Dijon, França.

Beata Joana de Signa, virgem (†1307). Ainda na juventude, abandonou a vida pastoril e viveu cerca de
40 anos como reclusa numa cela próxima ao rio Arno, na Itália.

Beato Gabriel Ferrétti, presbítero (†1456). Religioso franciscano, que brilhou na assistência às crianças e enfermos, na obediência e na observância da regra. Faleceu no convento de Ancona, Itália.

Beato Luís Morbióli (†1485). Filho de uma antiga família de Bolonha, Itália, aos 29 anos deixou o caminho dos vícios e levou vida de penitente. Com sua palavra e seu exemplo converteu muitos para a vida de piedade.

Beato Graça (ou Graciano) de Cáttaro, religioso (†1508). Marinheiro montenegrino que, movido pela pregação de Simão de Camerino, se fez irmão leigo agostiniano
em Monte Ortone, perto de Pádua.

Beato Jorge Napper, sacerdote e mártir (†1610). Durante o reinado de Jacó I da Inglaterra, exerceu clandestinamente seu ministério. Aprisionado, continuou no cárcere sustentando as almas fiéis, até ser martirizado.

Beata Maria do Carmo do Menino Jesus (†1899). Viúva e fundadora do Instituto das Irmãs Franciscanas dos Sagrados Corações.

Beato Henrique Hlebowicz, sacerdote e mártir (†1941). Fuzilado na Polônia, por ódio à fé.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online


Galerias de imagens

Artigo anterior8 de novembro de 2022
Próximo artigo10 de novembro de 2022

Próximas liturgias

1 de fevereiro de 2023

Quarta-feira da 4ª semana do Tempo Comum Leituras da...

31 de janeiro de 2023

Memória de São João Bosco Natural de Castelnuovo de Asti,...

30 de janeiro de 2023

Segunda-feira da 4ª semana do Tempo Comum Leituras da...
Artigo anterior8 de novembro de 2022
Próximo artigo10 de novembro de 2022

Redes sociais

1,644,769FãsCurtir
125,191SeguidoresSeguir
9,234SeguidoresSeguir
331,686InscritosInscrever