27 de novembro de 2022

Leituras da Missa

Primeira leitura: Is 2,1-5

1Visão de Isaías, filho de Amós, sobre Judá e Jerusalém. 2Acontecerá, nos últimos tempos, que o monte da casa do Senhor estará firmemente estabelecido no ponto mais alto das montanhas e dominará as colinas. A ele acorrerão todas as nações, 3para lá irão numerosos povos e dirão: “Vamos subir ao monte do Senhor, à casa do Deus de Jacó, para que ele nos mostre seus caminhos e nos ensine a cumprir seus preceitos”; porque de Sião provém a lei e de Jerusalém, a palavra do Senhor. 4Ele há de julgar as nações e arguir numerosos povos; estes transformarão suas espadas em arados e suas lanças em foices: não pegarão em armas uns contra os outros e não mais travarão combate. 5Vinde, todos da casa de Jacó, e deixemo-nos guiar pela luz do Senhor.

Salmo responsorial: Sl 121(122),1-2.4-5.6-7.8-9 (R. cf. 1)

R. Que alegria, quando me disseram: “Vamos à casa do Senhor!”

1Que alegria, quando ouvi que me disseram: *”Vamos à casa do Senhor!” 2E agora nossos pés já se detêm, *Jerusalém, em tuas portas. R.

4para lá sobem as tribos de Israel, *as tribos do Senhor. Para louvar, segundo a lei de Israel, *o nome do Senhor. 5A sede da justiça lá está *e o trono de Davi R.

6Rogai que viva em paz Jerusalém, *e em segurança os que te amam! 7Que a paz habite dentro de teus muros, *tranquilidade em teus palácios!  R.

8Por amor a meus irmãos e meus amigos, *peço: “A paz esteja em ti!” 9Pelo amor que tenho à casa do Senhor, *eu te desejo todo bem! R.

Segunda leitura: Rm 13,11-14a

Irmãos: 11Vós sabeis em que tempo estamos, pois já é hora de despertar. Com efeito, agora a salvação está mais perto de nós do que quando abraçamos a fé. 12 A noite já vai adiantada, o dia vem chegando: despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da luz. 13Procedamos honestamente, como em pleno dia: nada de glutonerias e bebedeiras, nem de orgias sexuais e imoralidades, nem de brigas e rivalidades. 14aPelo contrário, revesti-vos do Senhor Jesus Cristo.

Evangelho: Mt 24,37-44

Naquele tempo, Jesus disse aos seus discípulos: 37“A vinda do Filho do Homem será como no tempo de Noé. 38Pois nos dias, antes do dilúvio, todos comiam e bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. 39E eles nada perceberam até que veio o dilúvio e arrastou a todos. Assim acontecerá também na vinda do Filho do Homem. 40Dois homens estarão trabalhando no campo: um será levado e o outro será deixado. 41Duas mulheres estarão moendo no moinho: uma será levada e a outra será deixada. 42Portanto, ficai atentos! Porque não sabeis em que dia virá o Senhor. 43Compreendei bem isso: se o dono da casa soubesse a que horas viria o ladrão, certamente vigiaria e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. 44Por isso, também vós ficai preparados! Porque na hora em que menos pensais, o Filho do Homem virá”.


Santos em destaque

Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, ou das Graças.

São Máximo, Bispo (†455). Fundador do mosteiro de Lerins, França. Apesar de sua resistência, foi nomeado Bispo de Riez, na Provença.

Santo Acário de Noyon, Bispo (†c. 640). Sendo monge de Luxeuil, foi eleito Bispo de Noyon (França) e Tournai (Bélgica) que formavam uma única diocese naquela época.

São Virgílio, Bispo (†784). Homem de grande cultura, foi eleito bispo de Salzburg, Áustria, e levou adiante a evangelização da Caríntia.

São Gulstano, monge (†1040). Na juventude, foi capturado por piratas que o abandonaram, após anos de escravidão, na ilha de Ouessant, França. Acolhido por São Félix, ingressou no mosteiro de São Gildas onde, apesar de analfabeto, cantava de cor o saltério, com todo o fervor.

Beato Bernardino de Fossa, presbítero (†1503). Religioso franciscano nascido em Fossa, Itália, pertencente à antiga e nobre família dos Amici. Autor de obras ascéticas e cronista da ordem, foi Padre Provincial da região dos Abruzos e da Dalmácia e Bósnia.

Beatos Tomás Koteda Kiuni e companheiros, mártires (†1619). Decapitados em Nagasaki (Japão), por ordem do governador Gonzuku.

Beato Bronislau Kostkowski, mártir (†1940). Seminarista polonês preso durante a Segunda Guerra Mundial. Foi torturado e, por fim, morto no campo de concentração de Dachau, Alemanha.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online


Galerias de imagens

Artigo anterior26 de novembro de 2022
Próximo artigo28 de novembro de 2022

Próximas liturgias

9 de dezembro de 2022

Sexta-feira da 2ª semana do Advento Memória facultativa de São...

8 de dezembro de 2022

Solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora Imaculada Conceição de...

7 de dezembro de 2022

Memória de Santo Ambrósio Santo Ambrósio, Bispo e doutor da...
Artigo anterior26 de novembro de 2022
Próximo artigo28 de novembro de 2022

Redes sociais

1,644,769FãsCurtir
125,191SeguidoresSeguir
9,148SeguidoresSeguir
331,686InscritosInscrever