2 de fevereiro de 2022

Festa da Apresentação do Senhor

Quarenta dias após seu nascimento, Maria e José levaram Jesus ao Templo para oferecê-lo a Deus, conforme prescrevia a lei mosaica e o velho Simeão profetizou a seu respeito. Por comemorar-se nesse dia a Purificação de Nossa Senhora, a Festa e chamada também da Candelária.


Ver também:

Leituras da Missa

Primeira leitura (opção 1): Ml 3,1-4

Assim diz o Senhor: 1Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará ao seu templo o dominador, que tentais encontrar, e o anjo da aliança, que desejais. Ei-lo que vem, diz o Senhor dos exércitos; 2e quem poderá fazer-lhe frente no dia de sua chegada? E quem poderá resistir-lhe quando ele aparecer? Ele é como o fogo da forja e como a barrela dos lavadeiros; 3e estará a postos, como para fazer derreter e purificar a prata: assim ele purificará os filhos de Levi e os refinará como ouro e como prata, e eles poderão assim fazer oferendas justas ao Senhor. 4Será então aceitável ao Senhor a oblação de Judá e de Jerusalém, como nos primeiros tempos e nos anos antigos.

Primeira leitura (opção 2): Hb 2,14-18

Irmãos, 14visto que os filhos têm em comum a carne e o sangue, também Jesus participou da mesma condição, para assim destruir, com a sua morte, aquele que tinha o poder da morte, isto é, o diabo, 15e libertar os que, por medo da morte, estavam a vida toda sujeitos à escravidão. 16Pois, afinal, não veio ocupar-se com os anjos, mas com a descendência de Abraão. 17Por isso, devia fazer-se em tudo semelhante aos irmãos, para se tornar um sumo sacerdote misericordioso e digno de confiança nas coisas referentes a Deus, a fim de expiar os pecados do povo. 18Pois, tendo ele próprio sofrido ao ser tentado, é capaz de socorrer os que agora sofrem a tentação.

Salmo responsorial: Sl 23(24), 7.8.9.10 (R.10b)

R.”O Rei da glória é o Senhor onipotente!
7“Ó portas, levantai vossos frontões! + Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, * a fim de que o Rei da glória possa entrar!” R.
8Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?” + “É o Senhor, o valoroso, o onipotente, * o Senhor, o poderoso nas batalhas!” R.
9Ó portas, levantai vossos frontões! + Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, * a fim de que o Rei da glória possa entrar!” R.
10Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?” + “O Rei da glória é o Senhor onipotente, * o Rei da glória é o Senhor Deus do universo R.

Evangelho: 2,22-40 ou mais breve 2,22-32

[22Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a Lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor, 23conforme está escrito na Lei do Senhor: “Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor”. 24Foram também oferecer o sacrifício – um par de rolas ou dois pombinhos -, como está ordenado na Lei do Senhor. 25Em Jerusalém havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele 26e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor. 27Movido pelo Espírito, Simeão veio ao templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, 28Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29“Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30porque meus olhos viram a tua salvação, 31que preparaste diante de todos os povos: 32luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel”]. 33O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma”. 36Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. 37Depois ficara viúva e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. 39Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.


Santos em destaque

Santa Catarina de Ricci, virgem (†1590). Religiosa dominicana. Viveu misticamente a Paixão de Cristo e recebeu os estigmas. Manteve correspondência com São Filipe Neri, São Carlos Borromeu e Santa Maria Madalena de Pazzi.

Santa Joana de Lestonnac, viúva (†1640). Após a morte de seu esposo, fundou em Bordeaux, França, a Sociedade das Filhas de Nossa Senhora, à imitação da Companhia de Jesus, para formação da juventude feminina.

Beato Stefano Bellesini, presbítero (†1840). Ardente devoto da Mãe do Bom Conselho de Genazzano, Itália, que em tempos difíceis permaneceu fiel à Ordem Agostiniana, dedicando-se à educação das crianças, à pregação e ao trabalho pastoral.

São Lourenço, Bispo (†619). Sucedeu Santo Agostinho de Cantuária no Episcopado e converteu o Rei Edbaldo à Fé Católica.

São João Teófano Vénard, presbítero e mártir (†1861). Membro da Sociedade das Missões Estrangeiras de Paris, decapitado em Hanói, Vietnã, depois de exercer seu ministério sacerdotal clandestinamente durante seis anos.

Beata Maria Catarina Kasper, virgem (†1898). Fundou em Dernbach, Alemanha, o Instituto das Servas Pobres de Jesus Cristo.

Beato Luís Brisson, presbítero (†1908). Sacerdote da Diocese de Troyes, fundou as congregações das Irmãs Oblatas e dos Oblatos de São Francisco de Sales.

Beata Maria Domingas Mantovani, virgem (†1934). Primeira superiora do Instituto das Irmãzinhas da Sagrada Família, por ela fundado em Verona (Itália) para servir os pobres, órfãos e enfermos.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online


Galerias de imagens

Artigo anterior1 de fevereiro de 2022
Próximo artigo3 de fevereiro de 2022

Próximas liturgias

26 de maio de 2022

Memória de São Filipe Néri São Filipe Néri, sacerdote (†1595)....

27 de maio de 2022

Sexta-feira da 6ª semana da Páscoa Memória facultativa de Santo...

28 de maio de 2022

Sábado da 6ª semana da Páscoa Leituras da Missa ...
Artigo anterior1 de fevereiro de 2022
Próximo artigo3 de fevereiro de 2022

Redes sociais

1,600,460FãsCurtir
103,000SeguidoresSeguir
8,500SeguidoresSeguir
253,000InscritosInscrever